Copa de 2014 vira desculpa para implantação da ditadura

fiogf49gjkf0d

Copa de 2014 vira desculpa para implantação da ditadura
Por Mario Cezar Nogales

A pouco tempo atrás o ministro do turismo, o “ilustre” senhor Gastão Vieira, anunciou que irá monitorar o comportamento das diárias dos hotéis para evitar os preços abusivos, se não fosse verdade eu até acharia que isto fosse uma piada. Ora bolas, já sabemos que vivemos num país que não é de fato democrático, mas a cara de pau do governo já está ficando por demais da conta, até onde nós brasileiros vamos suportar governos e governantes que são meros agentes das máfias?

Como se já não bastasse querer controlar o como colaboradores devem se comportar, agora vão “controlar” os preços das diárias dos hotéis que atuam em um mercado Livre com a desculpa de que o empresário vai abusar dos preços, isto somente acontece em países onde não há democracia e onde não há livre comercio porque até onde sei, o mercado livre baseia seus preços a partir dos custos de seus produtos e do fator oferta e demanda, já, os safados que estão administrando o poder público querem implantar descaradamente o socialismos no lugar do livre comercio e dai me vem a questão: porquê será que não controlam os preços da cesta básica? Afinal de contas o tomate até o mês passado nas gondolas dos supermercados estava a R$ 2,00 o quilo, hoje o menor preço que você encontra é de R$ 7,00 o quilo, e isto porque tomate é um artigo básico de alimentação tanto para pobres como para abastados, já as diárias dos hotéis, é considerado em economia, como um artigo de luxo.

Infelizmente estamos mal preparados para lidar com safados e mafiosos porque justamente não pensamos como eles e nem atuamos como eles e obviamente nossos representantes de classe acabam caindo na armadilha destes inescrupulosos.

Para isto, nós como hoteleiros devemos não só saber muito bem como administrar nossos hotéis, como também devemos agir de forma implacável contra a ditadura já instalada no país e o único modo que conheço é a divulgação da informação.

Vamos falar então de preços abusivos nos hotéis, o Brasil está de longe ou sequer perto dos preços praticados internacionalmente, somos, na verdade, um roteiro muito barato quando nos comparamos com outros países de mesmo porte, e digo de mesmo porte com relação aos custos básicos de moradia e vida.

Fizemos uma pesquisa sobre preços para hospedagem em um dia comum a todos os países que são as festas de final de ano e vejam o resultado

Com esta pesquisa podemos observar que a capital paulistana comparativamente com os países das capitais europeias está longe de ser um destino caro, muito pelo contrário, e o único motivo que nos leva a raciocinar a questão dos preços é o acordo feito com a MATCH da FIFA; lhes explico: se os preços dos hotéis for muito alto, o preço do pacote cobrado internacionalmente para assistir os jogos deveria subir, contudo, se os preços subirem muitos torcedores não farão suas compras de pacotes com a MATCH, será que agora cai a ficha?

Aproveite que estão lendo este artigo e vejam as informações abaixo:
O estudo "Alternativas Competitivas de 2012, relatório especial: foco nos tributos" avaliou taxas sobre lucros, custos trabalhistas e outros tributos. A medição, feita para 14 países, utilizou como base os tributos nos Estados Unidos (100%) e mostrou, percentualmente, quanto os países cobram de suas empresas em relação aos impostos americanos.

1º França - TTI: 179,7%
2º Itália - TTI: 152,9%
3º Japão - TTI: 152,3%.
4º Brasil - TTI: 142,6%
5º Austrália - TTI: 125,1%
6º Alemanha - 122%
7º Estados Unidos - TTI: 100%
8º Países Baixos - TTI: 77,2%
9º Reino Unido - TTI: 73,3%
10º Rússia - TTI: 71,7%

E agora observem a carga tributária pelo mundo

Com isto, afirmo com a mesma autoridade de que 2+2=4
Nossa hotelaria ainda é muito barata!

Abraços a todos

 

Mario Cezar Nogales
Diretor da SN Hotelaria Consultoria Especializada
Instituto de Gestão Hoteleira para a ampliação de seus conhecimentos e a Aquia Hotéis -Administradora com foco diferenciado de todas as outras administradoras.
Tel.:(11) 2081-1853 / 9 8135-0888
www.snhotelaria.com.br
mario@snhotelaria.com.br

 

 Voltar        Envie para um amigo        Imprimir        Outras Dicas