Essen Germain Cuisine: Apresenta a contemporaneidade alemã em cozinha atraente

Essen Germain Cuisine: Apresenta a contemporaneidade alemã em cozinha atraente
Por Glaucia Balbachan

Um start na cozinha alemã moderna!

Aproveitando a deixa, que 2013 é o Ano da Alemanha no Brasil, descobrimos uma casa nova em folha que serve comida germânica nos jardins. Está longe de parecer com aquelas tabernas estereotipadas com porções enormes para compartilhar, servidas por garçons trajando chapéus e roupas verdes. A ótica é outra. Não é alta gastronomia, mas é uma cozinha delicada e contemporânea.

Embora as cozinhas predominantes fossem a italiana, espanhola e francesa, na faculdade a gastronomia alemã sempre ressaltou aos olhos do Chef Marcelo Vieira. Depois de uma temporada trabalhando na Espanha, voltou ao Brasil e notou que a grande maioria das cozinhas havia sido repaginada, menos a alemã, então depois de muito estudo e planejamento o Essen – (comida em alemão) virou realidade. “Sou bastante acadêmico e depois que notei tantas modificações nas culinárias, achei que poderia desenvolver um trabalho com a cozinha alemã com toque mais moderno no sabor, na quantidade do prato e na apresentação”, menciona o Chef e proprietário da nova casa - Marcelo Vieira.

Existem alguns alemães espalhados em SP com viés bem clássico nesta cozinha, logo a ideia foi propor uma releitura gastronômica e trazer um pouco da Alemanha dos dias de hoje para a mesa.

Com a fachada discreta em preto e amarelo, o local fica no andar superior composto por um salão principal dividindo um longo balcão de drinks e cervejas, que são ponto forte da casa. E ao fundo, a proposta é um lounge descolado com tema da sub-cultura underground berlinence.

Sem parentesco alemão na família está envolvido com as panelas, há 10 anos e depois de ter passado por hotéis como Hilton e D’or e ter viajado, o Chef Marcelo desenvolveu o menu enxuto e descomplicado com toda experiência que teve durante todo sua trajetória. “Agora é esperar a resposta dos clientes. O trabalho é cuidadoso para que todos se sintam bem e que gostem da comida. Acredito que em dois ou três anos, a cozinha alemã se torne tão popular quanto a italiana ou francesa. Em Berlim os restaurantes começaram a ganhar estrelas Michelin”, conta o Chef do Essen.

O objetivo da nova casa é trazer uma outra cozinha alemã para SP, incluindo clássicos como o tradicional Eisbein ( joelho de porco), só que com toque mais gourmet no sabor.

Comece com o saboroso Bolo de Carne Fleichkase – Guarnecido com trio de mostarda, a entrada é leve e bem temperada - R$32,00 ou com esses dias mais frios, a Sopa de Beterraba com Quinelle de queijo e com Zest de limão Siciliano cai muito bem. É cremosa e faz perfeita fusão com o queinelle de queijo R$25,00. Dois pratos principais bem atraentes são o Trio Essen – Lombo, Salsicha Cervela e Salsicha Weisswurst e Batata Dauphinoise. Cor, aroma, textura e sabor em um único prato. A batata chegou levemente tostada no topo em camadas fininhas uma por cima da outra. Salsichas estavam bem feitas – Sem erro! Ou o Goulash Picante com ovos estalfados e purê de batata. Na tradução esse seria o “picadinho alemão”. Delicioso. Carne macia em cubos, envolta em purê mais denso, que permeia bem os condimentos e o sabor da carne R$ 41,00. E fechamos com uma sobremesa, que nos fez sorrir de canto a conto da boca, o clássico e indispensável Strudel de Maçã com sorvete de creme ou chantily – R$24,00. Outra dica alemã com toque contemporâneo para beliscar, fica por conta das Batatas Hasselback – R$ 18,00 e a porção de Curry Wurst com batatas fritas – R$32,00, que unidas à carta de cervejas especiais da casa formam boa dupla dinâmica. Vale a visita ao germânico!

Serviço: Essen Germain Cuisine
Alameda Tietê, 360 – jardins/SP
Tel: (11) 3062-6280
Terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h
Sábado, das 13h às 23h30
Domingos e feriados, das 13h às 21h
Segunda (fechado)
Valet: R$ 16,00


 

Glaucia Balbachan
Jornalista e pesquisadora na arte do “bem comer”, pós-graduada em jornalismo gastronômico pela FAAP/ SP. Com espírito inquieto e de “disciplina Escoffiana”, ela não para nunca! Está sempre nos cafés, bares, restaurantes, bistrôs, pubs e confeitarias da cidade, para conferir e experimentar novos sabores, descobrir novas composições e pratos clássicos com apresentação repaginada. Tudo isso para contar um pouco do que acontece no universo gastronômico de São Paulo.
glauciabalbachan@uol.com.br

 

 Voltar        Envie para um amigo        Imprimir        Outras Dicas