Esquina Mocotó traz sabores com ótica contemporânea sem sair do sertão

fiogf49gjkf0d

Por Glaucia Balbachan

Versão refinada sem perder as raízes!

O projeto teve mais de cinco anos e a ideia começou com um café, mas com o andamento da reforma, Rodrigo Oliveira foi notando que o espaço dava possibilidade para um restaurante.

Refinada, a nova casa da Vila Madeiros é possível reconhecer as origens do sertão em cada prato e em cada canto da Esquina. A música que ocupa a atmosfera do local em notas mais contemporâneas são feitas por músicos nordestinos. Quadros com motivos do sertão, adereços discretos, cadeiras coloridas e painel de grafite, que exibe o cordel faz fusão com sofás charmosos, mesas, iluminação direcionada e balcão com a cozinha aparente.

Para Diógenes Sampaulo – (ex- sub chef do Mocotó) e atualmente sócio e administrador da Esquina Mocotó, fala que o restaurante é legitimamente brasileiro. “Num olhar mais amplo e num sentido mais real, a cozinha da Esquina é contemporânea e verdadeiramente brasileira. O cuidado é grande na escolha de produtos. Linguiças, farinhas, cachaças, tudo vem para cá são de produtores próximos de SP. A informalidade somada com comida boa, música boa, oferecida para as pessoas do entorno são o nosso maior objetivo”, comenta o sócio e chef Diógenes Sampaulo.

Embora, aberto há três meses, a Esquina de Rodrigo Oliveira não passa despercebida pelos olhos e paladar dos clientes habitués do Mocotó (ao lado), clientes da região e pessoas da zona sul.

Trata-se de um restaurante que presa produtos nacionais e que olha mais para o entorno, interior do Estado, Cinturão verde e Vale do Paraíba. Estrutura e a melhor tecnologia foram implantadas no espaço charmoso da zona norte. “A Esquina são janelas que colocam a periferia aqui para dentro. São suburbanos e cosmopolitas conectados com os nossos produtos aqui”, finaliza o Chef Rodrigo Oliveira.

No couvert – pães e manteigas são feitas artesanalmente no casa. (cortesia). Começamos com o Dadinho de Tapioca que parecia estar ainda mais gostoso que o do próprio Mocotó – R$ 18,00. Com a mesma suntuosidade, já conhecida nos chegou à mesa o Ovo Mole – Com cogumelos, legumes salteados e caldo de galinha. Prato executado com maestria apresentou nuances em diferentes texturas, caldo leve e delicado – R$18,90. Em seguida, o protagonista da casa – Carne de sol com Baião de dois sertanejo. Supersaboroso e aromático o prato sertanejo faz jus a fama agregando contrastes no sabor – R$34,90. E para finalizar com um sorriso de orelha a orelha a sugestão de sobremesa foi Chocolate com leite – Musse de chocolate, caramelo amanteigado e sorvete de leite. Delicado, leve e equilibrado no açúcar. Sem erro! R$ 15,90.

Cozinha com personalidade, delicadeza na apresentação dos pratos, bom custo benefício, serviço e atendimento descomplicados.

Serviço: Esquina Mocotó
Av. Nossa Senhora do Loreto, 1104 – Vila Medeiros/SP
Tel: (11) 2949-7049
www.esquinamocoto.com.br

 

Glaucia Balbachan
Jornalista e pesquisadora na arte do “bem comer”, pós-graduada em jornalismo gastronômico pela FAAP/ SP. Com espírito inquieto e de “disciplina Escoffiana”, ela não para nunca! Está sempre nos cafés, bares, restaurantes, bistrôs, pubs e confeitarias da cidade, para conferir e experimentar novos sabores, descobrir novas composições e pratos clássicos com apresentação repaginada. Tudo isso para contar um pouco do que acontece no universo gastronômico de São Paulo.
glauciabalbachan@uol.com.br

 

 Voltar        Envie para um amigo        Imprimir        Outras Dicas