Marques de Casa Concha lança edição limitada Biobío

Linha assinada pelo enólogo Marcelo Papa terá uvas Chardonnay e Pinot Noir da safra de 2016
produzidas em um dos mais famosos vales chilenos

A Vinícola Concha y Toro lança no mercado dois novos vinhos de edição limitada no portfólio da linha super premium Marques de Casa Concha: Chardonnay e Pinot Noir da região do Vale do Biobío (Chile). Da safra de 2016, o lançamento reforça o espírito inovador da marca, além de seu compromisso de representar de forma íntegra a diversidade do Chile e a capacidade de oferecer um portfólio dinâmico de vinhos.

Escolhidas a dedo pelo renomado enólogo Marcelo Papa, especialista e responsável por toda linha de Marques de Casa Concha há 17 anos, as uvas Chardonnay e Pinot Noir são perfeitas para serem produzidas no Vale do Biobío, por conta do terroir (relação entre clima e solo para produção e cultivo de uvas) do local. As uvas são provenientes do vinhedo de Quitralmán, localizado na região de Mulchén, às margens do rio Biobío.

“A incrível diversidade de solos e climática do Chile possibilita o desenvolvimento constante de novas zonas, variedades e estilos. Este lançamento marca a aposta atual da marca de produzir vinhos no extremo sul do país”, explica Marcelo Papa, enólogo de Marques de Casa Concha.

A edição limitada Biobío faz parte da campanha global da Vinícola Concha y Toro, Extreme Valleys, que reforça que a diversidade de climas e solos do Chile possibilitam o desenvolvimento constante de novas variedades e estilos de vinho. As garrafas possuem preço sugerido de R$ 138,00 e podem ser encontradas no e-commerce da marca e nas lojas Vin du Vin (São Paulo), Cavist (Rio de Janeiro) e Terrunyo (Porto Alegre)

Vale do Biobío

O Vale do Biobío está localizado 530 km ao sul de Santiago e se caracteriza pelo clima frio, que recebe a influência das frescas brisas que descem dos Andes e da acentuada oscilação térmica. Seus solos são de origem vulcânica, vermelhos e argilosos. A proximidade do mar, o caráter dos solos e, a proximidade da Cordilheira dos Andes são alguns dos elementos cruciais na hora de buscar tipicidade em uma variedade.

Biobío está localizado a cerca de 100 quilômetros da costa, uma área absolutamente continental. Lá, a Cordilheira da Costa atinge um dos seus pontos mais altos, deixando Mulchén e o restante do vale totalmente separados do mar.

Um fator fundamental no rendimento e na qualidade dos vinhos de Biobío é a abundância de precipitações, com 1.300 mm anuais é possível cultivar as uvas praticamente sem necessidade de regar.

Sem a influência do Pacífico, há uma oscilação térmica acentuada entre o dia e a noite. As temperaturas podem flutuar até 20º C, com uma mínima de 9ºC e máxima de 29ºC. Biobío é muito luminoso. Todos os dias o céu está limpo, motivo pelo qual o vinhedo está exposto à luz por períodos mais prolongados. Por estarem localizados na ladeira sul do rio, os vinhedos em Biobío são frescos, elegantes e com acidez equilibrada.

O Chardonnay de Biobío possui volume agradável na boca e final fresco, com tendência a pêras e maças. Já o Pinot Noir tem frutas intensas, com notas marcadas de framboesa.

Marques de Casa Concha Chardonnay

O Chardonnay tem um estilo que combina riqueza e elegância, possui um delicado aroma de pera branca e na boca é profundamente concentrado, com boa vitalidade, grande estrutura e toques de azeite. O vinho foi fermentado em barris de carvalho francês, nos quais também permaneceu guardado por 12 meses.

Marques de Casa Concha Pinot Noir

O Pinot Noir apresenta aroma concentrado de framboesa. Na boca possui uma textura refinada e boa estrutura. O vinho foi fermentado em tanques de aço e passou 11 meses em barris de carvalho francês.


Divulgação: Grupo CDI

 Voltar        Envie para um amigo        Imprimir        Outras novidades