Casa Valduga inicia temporada da vindima onde hóspedes aprendem a colher uvas

Com diferentes opções de pacote, é possível visitar a vinícola entre os meses de janeiro e fevereiro de 2018

Entre os meses de janeiro e fevereiro, ocorre a já famosa temporada da vindima, época da colheita de uvas na região do Vale dos Vinhedos, no sul do país. E, em mais um ano, a vinícola Casa Valduga abrirá suas portas para quem tem interesse em conhecer todo o processo de elaboração dos seus renomados rótulos.

Para os amantes do vinho, é uma grande oportunidade de passar dois ou três dias imersos no universo da vinícola, participando desde a colheita das uvas até a tradicional “pisa”, onde começa o processo de produção de umas das bebidas mais populares do mundo.

Este ano, serão duas opções de pacotes com duas ou três diárias, com programações completas para que o hóspede possa escolher de acordo com a sua preferência. Os pacotes de três diárias variam entre R$5.584,00 e R$6.064,00, por casal. Já os de três, variam entre R$3.856 e R$4.178 por casal. Também há a opção de passar apenas o sábado na vinícola, curtindo a programação da vindima, sem hospedagem, por R$2.295, por casal.

A temporada deste ano ocorrerá entre os dias 18 de janeiro a 18 de fevereiro, durante cinco finais de semana, com uma incrível programação diária, incluindo almoços, jantares e a tão esperada colheita e “pisa” das uvas.

Confira a programação completa da vindima da Casa Valduga:

Para mais informações e reservas, entre em contato pelo telefone: (54) 2105-3154 ou envie um e-mail para eventos@famigliavalduga.com.br.

Complexo Enoturístico da Casa Valduga – O complexo foi um dos primeiros parques enoturísticos do Brasil, criado pela vinícola Casa Valduga para que os visitantes pudessem conhecer o processo de elaboração de seus espumantes, vinhos finos e um pouco da cultura italiana. O local oferece hospedagem, gastronomia e um espaço para degustação dos produtos da empresa (a Enoboutique).

Sobre a Casa Valduga – Localizada no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS), possui a maior adega de espumantes da América Latina e foi uma das primeiras vinícolas brasileiras a dominar e desenvolver o método tradicional (champenoise) para elaborar espumantes ícones. Investe em produtos com padrão de excelência reconhecidos mundialmente e busca sempre inovar nos conceitos de elaboração e apresentação de seus vinhos.


Divulgação: Approach

 Voltar        Envie para um amigo        Imprimir        Outras novidades