Aprovação dos projetos em tramitação no Congresso Nacional serão prioridade do novo ministro

Em encontro com representantes do trade, Vinicius Lummertz reforçou necessidade de articulação para avanço do setor

Por Mariana Oliveira

Em seu primeiro compromisso oficial como ministro do Turismo, Vinicius Lummertz participou nesta quarta-feira (11) de reunião com lideranças do setor na Confederação Nacional do Comércio (CNC). No encontro, durante agenda do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur), Lummertz falou sobre as prioridades à frente da Pasta.

“Meu grande esforço neste primeiro momento será trabalhar na sensibilização dos parlamentares para aprovarmos o projeto de lei que está em tramitação no Congresso Nacional e reúne pautas importantes para o setor, como a transformação da Embratur em agência, a modernização da Lei Geral do Turismo e a abertura de capital estrangeiro das companhias aéreas”, afirmou Lummertz. Na sequência, segundo o ministro, a ideia é lançar o Brasil + Turismo 2, com propostas para avançar, ainda mais, na melhoria do ambiente de negócios do setor. Vinicius Lummertz reforçou, ainda, a importância do Prodetur + Turismo e as possibilidades de investimentos que podem ser feitas com os recursos previstos pelo programa: R$ 5 bilhões.

O presidente da Cetur/CNC, Alexandre Sampaio, reiterou o apoio ao novo ministro e esclareceu a respeito do documento que está sendo elaborado pelo Conselho e será entregue aos presidenciáveis e candidatos aos governos estaduais. O texto trará propostas que envolvem a regulamentação do setor, ações de gestão e monitoramento, competitividade e promoção.

A primeira reunião do ano do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade da CNC contou com a participação dos deputados federais Rafael Motta, que assume agora a presidência da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, Herculano Passos e Otávio Leite, além de representantes do setor.

Divulgação: Ministério do Turismo

 Voltar        Envie para um amigo        Imprimir        Outras novidades