2ª edição da Fispal Bahia reflete bom momento para o setor de alimentos no Brasil

por migracao

2ª edição da Fispal Bahia reflete bom momento para o setor de alimentos no Brasil


Mais de 28 mil visitantes qualificados circularam pelo Centro de Convenções da Bahia durante os quatro dias de evento



De 26 a 29 de outubro, empresários e profissionais do setor de food service movimentaram a Fispal Bahia – 2ª Feira Internacional de Produtos, Embalagens, Equipamentos, Acessórios e Serviços para Alimentação, no Centro de Convenções, em Salvador. Segundo a Brazil Trade Shows (BTS), promotora do evento, a Feira atraiu mais de 28 mil visitantes de várias partes do País, principalmente dos estados do Norte e Nordeste. Na avaliação dos cerca de 350 expositores, a Feira reuniu um público qualificado, o que representa a oportunidade para novos negócios na região Nordeste.


“O resultado foi muito positivo, principalmente pela qualidade do visitante. O primeiro dia da Feira superou em 15% a visitação, se comparada à primeira edição da Fispal Bahia. Negócios também foram realizados e tudo indica que o setor de alimentos continuará aquecido em 2011”, diz Araceli Silveira, diretora de Marketing e Estratégia da BTS.


Empresas que estrearam na Fispal Bahia reconhecem que o mercado local ainda é carente de produtos, serviços e soluções para atender a nova realidade do mercado de alimentação. “A área de consultoria em Controle de Qualidade não é muito conhecida no Nordeste. Vendemos soluções como análises microbiológica de alimentos e da água. Temos uma unidade em Porto Seguro, com planos de expansão para abrir outra filial em Lauro de Freitas”, afirma Lara Iorio, diretora técnica da Aquapharma.


O estande do Sebrae-SC, que também expos pela primeira vez na Feira, foi bastante visitado por empresários interessados em conhecer o Projeto Arranjo Produtivo Local das Ostras da Grande Florianópolis (APL). O APL tem como principal missão desenvolver junto aos micro e pequenos produtores ações de gestão, capacitação profissional, melhorias de processos e estratégias de mercado, por meio do associativismo. “Não demos conta de atender todos os clientes”, comemora Iriberto Moschetta, analista técnico e gestor do projeto de malacocultura da entidade.


Para os fabricantes de máquinas e equipamentos industriais, a alta gastronomia no Nordeste tem impulsionado toda a cadeia produtiva da alimentação fora do lar. Segundo Evandro Tomasi, diretor da Tomasi Equipamentos, a partir da 1ª edição da Fispal Bahia, a empresa subiu da 14ª colocação em vendas para 7ª colocação este ano. “Além da divulgação da marca, estamos aqui para abrir contatos e fechar parcerias com distribuidores locais”. Já a Lambarinox conquistou novos clientes do setor de laticínios. “O mercado está aquecido e lançaremos equipamentos em 2011 para atender a demanda”, antecipa Stefano Messias, diretor da empresa.


“Esta edição foi melhor que a de 2009. Recebemos clientes de Salvador, Recife e Espírito Santo interessados em renovar os equipamentos para os segmentos de confeitaria, pizzaria e supermercadista. A competitividade tem levado as empresas do Nordeste a investir em tecnologia e padronização”, diz Adair Sgarabotto, gerente comercial da Granomaq.

Café de qualidade
Durante a Fispal foi realizada a Etapa Bahia do 10º Campeonato Brasileiro de Barista, onde os competidores eram desafiados a preparar no tempo de 15 minutos quatro espressos, quatro cappuccinos e quatro drinques de assinatura. Luis Fernando dos Santos, da Casa Café, venceu pelo segundo ano consecutivo. “Meu sonho é ver um barista em cada bar ou restaurante de Salvador”, diz o profissional, que também dá aulas no Senac. Lorena Sena e Bruno Silva Santos ficaram em segundo e terceiros lugares, respectivamente. O Campeonato Mundial será disputado na Colômbia, em 2011.

Simultaneamente ao campeonato de barista, produtores de café lotaram o auditório Mãe Menininha, onde aconteceu a premiação do  9º Concurso de Qualidade Cafés da Bahia, promovido pela Associação dos Produtores de Café da Bahia (Assocafé), com apoio das principais entidades setoriais locais. O concurso tem por objetivo incentivar os pequenos produtores da região. A iniciativa também faz parte do Programa Café e Saúde, adequados aos mercados de cafés especiais.

Dezessete produtores de café da espécie arábica foram selecionados, e receberam o prêmio em dinheiro. O produtor Lessivan Marcos de Oliveira, da Fazenda Lagoa do Morro, foi o grande vencedor. Ele recebeu R$ 8 mil e um porta-joia de ouro. “Muitos destes produtores já exportam café de qualidade. Dos dez melhores cafés produzidos em 2009, quatro foram cultivados na Bahia”, afirma João Lopes Araújo, presidente da Assocafé.


Sobre a BTS
A Brazil Trade Shows (BTS) é a maior promotora de feiras voltadas para a cadeia produtiva de alimentos e bebidas na América Latina. Seu portfólio inclui nomes como: Fispal Tecnologia, Fispal Food Service, Fispal Bahia, Fispal Hotel, Espaço Café Brasil, ABF Franchising Expo, TecnoSorvetes, TecnoCarne e MercoAgro. Em agosto de 2009, a BTS anunciou a compra da ForMóbile, voltada para o setor madeira-móvel, ampliando sua atuação no mercado de feiras.


Já o portfólio de publicações especializadas da BTS é composto pela Revista Nacional da Carne e pela Revista Leite & Derivados. Em sinergia com as feiras e eventos que fazem parte do calendário da BTS, os veículos de comunicação funcionam como referência e auxiliam a evolução do mercado, com a divulgação dos negócios do setor durante o ano todo.


Divulgação: 2PRÓ Comunicação – Tels. (0xx11) 3030-9463 / 3030-9461 / 3030-9462
Myrian Vallone – myrian.vallone@2pro.com.br
Teresa Silva – teresa.silva@2pro.com.br
Isabelle Lindote – isabelle.lindote@2pro.com.br
ww.2pro.com.br

Os comentários estão desativados.

Mais Notícias



VOLTAR