Novo sistema de classificação de meios de hospedagem será apresentado em março

por migracao

Novo sistema de classificação de meios de hospedagem será apresentado em março, diz ministro


Anúncio aconteceu durante reunião do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil. Portaria que regulamenta o novo sistema está em fase final de revisão


O ministro do Turismo, Pedro Novais, anunciou durante reunião do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), em São Paulo (SP), que o novo Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass) será apresentado este mês. De acordo com Novais, a portaria que regulamenta o novo sistema sofreu pequenos ajustes e está em fase final de revisão. A publicação no Diário Oficial deverá ocorrer na segunda quinzena de março.

“A classificação dará credibilidade aos empreendimentos e permitirá que os turistas brasileiros e estrangeiros viajem sabendo que terão as suas expectativas correspondidas. Esse é o primeiro passo que estamos dando para a Copa de 2014”, declarou o ministro.

O vice-presidente de Relações Institucionais do FOHB, Julio Serson, disse que o Fórum apóia a nova classificação: “entendemos que ela é importante. Mas também é fundamental a maneira como ela está sendo feita, de modo voluntário e não obrigatório”.

Durante o encontro, o ministro também conheceu alguns projetos do FOHB e discutiu com os membros do Fórum alguns pontos prioritários para a hotelaria nos próximos anos, como a flexibilização de vistos, qualificação profissional e ações com foco na Copa de 2014.

O novo Sistema Brasileiro de Classificação utilizará a consagrada simbologia de estrelas para diferenciar as categorias, em todas as tipologias de meios de hospedagem. A classificação será voluntária e terá validade de 36 meses, a contar da data de sua concessão. A cada 18 meses, haverá a manutenção do título.


Divulgação: Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo – Tel.:(61) 2023 7055
imprensa@turismo.gov.br
Siga o turismo no Twitter: www.twitter.com/MTurismo

Os comentários estão desativados.

Mais Notícias



VOLTAR